logo

» Leitura na prisão muda destino de condenados

Publicado em: 1 de dezembro de 2017



R. adquiriu o hábito da leitura nos anos que esteve nos presídios de Porto Velho. Preso em 2007, mergulhou nos livros para esquivar-se das drogas oferecidas e repelir o  medo de ser morto pelos colegas de cela. O hábito de ler o manteve longe do crime e o ajudou a passar no vestibular da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). 

Fonte:Portal CNJ – CNJ


Compartilhar:


  • Endereço:

    Rua Desembargador Ignácio Guilhon, n.º 85, 1º andar, Campina, Belém/PA. CEP 66015-350.

  • Entre em contato:

    renovasindju@gmail.com

    contato@sindju.org.br

    Telefone: (91) 3038-6503

    whatsapp: (91) 98408-6554

  • Todos Direitos reservados | SINDJU-PA