logo

» DIEESE


O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos

(DIEESE) nasceu da luta dos dirigentes sindicais brasileiros. Foi fundado em 1955, com o objetivo de desenvolver pesquisas que subsidiassem as demandas dos trabalhadores.

Sindicatos, federações e confederações nacionais de trabalhadores são filiados ao DIEESE e fazem parte da direção da entidade. Atualmente, são mais de 700 associados.

Ao longo dos mais de 60 anos de história, o DIEESE conquistou credibilidade nacional e internacional como instituição que desenvolve pesquisa, assessoria e formação voltadas para as entidades sindicais e os trabalhadores.

O DIEESE possui reconhecimento como instituição de utilidade pública em várias localidades, graças a um trabalho que beneficia a toda a sociedade.

A instituição atua nas seguintes áreas:

Assessoria em negociação coletiva
Pesquisa e estudos relacionados ao mundo do trabalho
Educação e formação sindical
Estudos em políticas públicas
O DIEESE conta com uma equipe multidisciplinar, formada por economistas, sociólogos, estatísticos, geógrafos e outros profissionais, que estudam e investigam questões relacionadas a:

Mercado de trabalho
Salários e remuneração
Negociação coletiva
Igualdade distributiva e relação com o Estado
Desenvolvimento econômico e social
Políticas Públicas
A fim de aprofundar estudos, o DIEESE estabelece convênios com governos, organizações internacionais e multilaterais, entre outras entidades, para tratar de questões estruturais do ponto de vista socioeconômico.

Com essas cooperações, a instituição aprimora conhecimentos que contribuem para melhorar a qualidade do trabalho realizado, ou seja, de estudos, pesquisas, produtos e serviços.

O que fazemos
Assessoria em negociações coletivas

O DIEESE assessora e subsidia entidades em relação ao processo de negociação coletiva. Os principais serviços oferecidos são:

Assessoria presencial às entidades sindicais nas mesas de negociação com as empresas
Estudos e simulações
Participação em eventos
Análise de políticas econômicas, de desempenho de empresas ou de setores, perfil dos trabalhadores, conjuntura econômica, perdas salariais e outras
Alocação de equipe dentro das entidades sindicais, para executar plano de trabalho específico para essas instituições, em unidades chamadas subseções
Preparação e planejamento de campanha salarial e do processo de negociação coletiva
Anualmente, os técnicos do DIEESE participam de aproximadamente 1.000 rodadas de negociação.

Pesquisas

Desde a fundação, o DIEESE realiza pesquisas permanentes, que disponibilizam informações sobre salários, custo de vida, mercado de trabalho, perfis de categorias profissionais e de setores, greves, acordos e convenções coletivas, entre outros.

Pesquisas permanentes

Índice do Custo de Vida da cidade de São Paulo (ICV) – desde 1955. Verifica mensalmente a variação de preço de mais de 1.000 itens de consumo
Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos (PNCBA) – desde 1959. Teve início no município de São Paulo. Atualmente é realizada nas 26 capitais e no DF. Acompanha o valor médio de 13 itens essenciais de alimentação
Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) – desde 1985. A pesquisa foi iniciada na Região Metropolitana de São Paulo e, em diferentes períodos, foi expandida para outras grandes áreas. Hoje é realizada mensalmente em cinco regiões
Sistema de Acompanhamento de Informações Sindicais (SAIS-DIEESE) – banco de dados com informações sobre salário, negociações coletivas, greves. Os dados são divulgados em intervalos regulares desde a década de 1980

Pesquisas especiais

Solicitadas por sindicatos ou outras entidades, com temática variada

Perfil socioeconômico de categorias profissionais
Caracterização do mercado de trabalho para jovens, negros, de acordo com gênero; salários; setores econômicos; tempo de trabalho, produtividade; terceirização; condições de trabalho; saúde; economia solidária; políticas públicas etc.
Saúde do trabalhador
Esse tipo de pesquisa pode ser primária, com a coleta de dados em campo, ou secundária, que envolve informações de outras fontes e pesquisas.

Políticas Públicas

O DIEESE realiza diversos levantamentos e estudos para subsidiar ações sindicais no campo das políticas públicas, especialmente as relacionadas ao trabalho, emprego e renda, à previdência e seguridade social, à saúde pública e dos trabalhadores, à educação e qualificação profissional. A entidade:

Pesquisa, busca informações, dados, produz análises e metodologias
Apoia e representa o movimento sindical em foruns multipartites
Realiza pesquisas e produz estudos
O DIEESE criou o Observatório do Trabalho como instrumento para cooperar com as várias esferas governamentais. A função do Observatório é analisar o mercado de trabalho de determinada região e subsidiar as políticas de emprego, renda, saúde, qualificação profissional ou outras.

Educação

O DIEESE oferece capacitação a dirigentes sindicais desde a década de 1970. O Departamento desenvolveu método próprio de ensino e, atualmente, tem mais de 400 horas preparadas de cursos livres, que são ofertados ao movimento sindical.

A experiência adquirida ao longo dos anos permitiu ao DIEESE criar a Escola DIEESE de Ciências do Trabalho, uma instituição de ensino superior.

A Escola DIEESE funciona desde 2012 e oferece graduação em Ciências do Trabalho, pós-graduação em Economia e Trabalho e extensão (formação sindical).

Os cursos oferecidos hoje ao movimento sindical são realizados pela Escola DIEESE. Abrangem temas como negociação coletiva, matemática sindical, reestruturação produtiva e setorial, PLR, jornada de trabalho, saúde, trabalho, ações sindicais, entre outros.

A base da metodologia da Escola DIEESE é construir o conhecimento a partir da interação entre a experiência dos trabalhadores e a produção formal, com o objetivo de preparar os alunos para a intervenção social, voltada para melhorar as condições de vida na sociedade e no local de trabalho.

Outros

O DIEESE representa o interesse dos trabalhadores em inúmeros fóruns nacionais e internacionais, nos quais são debatidos os mais diversos assuntos socioeconômicos.

  • Endereço:

    Rua Desembargador Ignácio Guilhon, n.º 85, 1º andar, Campina, Belém/PA. CEP 66015-350.

  • Entre em contato:

    renovasindju@gmail.com

    Telefone: (91) 3038-6503

  • Todos Direitos reservados | SINDJU-PA