logo

» SINDJU INGRESSA COM AÇÃO PARA SUSPENDER EXPEDIENTE PRESENCIAL

Publicado em: 25 de janeiro de 2021



O Sindicato dos Funcionários do Judiciário do Estado do Pará (Sindju) propôs Ação Civil Pública requerendo suspensão do expediente presencial do judiciário em todo território paraense até o fim do estado de calamidade pública em decorrência da pandemia ou enquanto não ocorrer a massiva imunização da população através da vacina.

No documento, o sindicato ressalta que não há protocolo com eficácia atestada para enfrentamento preventivo ou curativo para a covid-19, cuja disseminação permanece ocorrendo em índices exponenciais no Brasil.
A entidade lembra ainda que apenas as medidas de isolamento e de distanciamento social se revelaram suficientemente eficazes para enfrentamento da doença; e que a disseminação do vírus ainda exige a adoção de uma providência emergencial: a suspensão das atividades presenciais.

O Sindju-Pará reafirma que deixar o isolamento social só passa a ser uma possibilidade real e praticável, e ainda sim paulatinamente, depois que a curva começa a ser decrescente. Enquanto isto não ocorre, acabar com o isolamento social, de acordo com todas as autoridades sanitárias, é sujeitar a todos ao risco de um genocídio.


Compartilhar:


  • Endereço:

    Rua Desembargador Ignácio Guilhon, n.º 85, 1º andar, Campina, Belém/PA. CEP 66015-350.

  • Entre em contato:

    renovasindju@gmail.com

    Telefone: (91) 3038-6503

  • Todos Direitos reservados | SINDJU-PA