logo

» SERVIDORES DO JUDICIÁRIO PARAENSE DECIDEM MANTER GREVE APÓS REUNIÃO COM O TJPA

Publicado em: 30 de agosto de 2019



Em assembleia geral extraordinária realizada na manhã desta sexta, 30, cerca de 250 servidores do judiciário reunidos na frente do prédio sede do Tribunal de Justiça do Estado do Pará decidiram por manter a greve. A decisão foi tomada após a Comissão de Greve, formada por diretores do Sindju-PA e representantes da categoria, retornar da reunião com a administração do Tribunal de Justiça do Pará, realizada na mesma manhã.

Os índices ofertados pelo TJPA não atenderam às expectativas da categoria. “Tentamos uma negociação hoje mas a oferta da administração ainda está muito aquém do orçado e da inflação, o que levou a assembleia a não aceitar, e decidir de forma unânime a permanecer em greve” destacou o presidente do Sindju, Thiago Lacerda.

A reabertura do diálogo com a administração sobre o reajuste dos vencimentos só foi possível em virtude do crescimento da participação dos servidores e da adesão de número cada vez maior de comarcas à greve.

AVANÇO

Além dos 2% retroativos a maio, já oferecidos pela administração, na reunião de hoje foi discutido o incremento da proposta em mais 1% de reajuste a partir de janeiro de 2020, desta vez sem retroagir seus efeitos, e sem prever data para pagamento do índice remascente, o que provocou uma insatisfação generalizada entre os servidores, que decidiram pela manutenção da greve por tempo indeterminado.

Na próxima segunda, 02, mais um ato está sendo organizado pelo SINDJU na frente do fórum cível da capital e na terça-feira, 03, os servidores voltarão a ser reunir em assembleia na frente da sede do TJPA para apreciar a proposta que será feita pela administração, na reunião agendada para o meio dia.


Compartilhar:


  • Endereço:

    Rua Desembargador Ignácio Guilhon, n.º 85, 1º andar, Campina, Belém/PA. CEP 66015-350.

  • Entre em contato:

    renovasindju@gmail.com

    Telefone: (91) 3038-6503

  • Todos Direitos reservados | SINDJU-PA